samnouzuky

rafa, 31, Männlich, Brasilien
rafa samnouzukyZuletzt gesehen: Mai 2010

27 gespielte Titel seit 2. Mai. 2010

0 Lieblingslieder | 0 Beiträge | 0 Playlisten | 7 Shouts

  • Freunde werden
  • Nachricht schreiben
  • Shout schreiben

Deine musikalische Übereinstimmung mit samnouzuky ist unbekannt

Erstelle dein eigenes Musikprofil

Kürzlich angehörte Titel

Ill NiñoHow Can I Live 2. Mai. 2010
AdemaGiving In 2. Mai. 2010
Dry Kill LogicLost 2. Mai. 2010
Jorge VerciloAvesso 2. Mai. 2010
P.O.D.Youth of the Nation 2. Mai. 2010
Alguna Vez Fui CiegoAxioma kostenloser Download 2. Mai. 2010
Coal ChamberFiend 2. Mai. 2010
The FratellisFlathead 2. Mai. 2010
NemaHoly Hell 2. Mai. 2010
AdemaThe Way You Like It 2. Mai. 2010
Mehr anzeigen

Shoutbox

Über mich

Um toque de veneno sela meu destino
A alvorada ecoa a noite com a minha glória
O próprio sol me honra

Uma vez rei das rosas, agora lorde do ouro
Os próprios deuses invejam minha mão
Abençoado com o presente do toque dourado
O destino maneja sua faca para cortar a linha

Eu amaldiçoo o dia que meu sonho se tornou minha descida
De repente eu espero por você, meu único amor

Na minha perfeição eu não quero nada
Todavia, olhos ainda brilham com cobiça não dita
Uma tolice tão fatal como pecado se tornou agora o meu fim

Eu amaldiçoo o dia que meu sonho se tornou minha
descida
De repente eu espero por você, meu único amor

Eu não ganhei isto, o presente da beleza interior?
Quão egoístas foram os deuses para manter suas riquezas do meu legítimo tesouro?
Eu verdadeiramente me tornei um deles...meu defeito fatal

Oh sim! eu peguei seu anzol, linha e afundei!
Graças a mim, ela é seu próprio colar novo!
Agora ela é boa como ouro!

Eu amaldiçoo o dia que meu sonho se tornou minha
descida
De repente eu espero por você, meu único amor

Corte a linha...



Uma vez vi dizer (ouvi?)
Que desprezível é aquele poeta
que sobre si mesmo escreve.
Mas não teria o poeta (dizem)
umas mil faces?


Os versos que te fiz

Deixe dizer-te os lindos versos raros
Que a minha boca tem pra te dizer!
São talhados em mármore de Paros
Cinzelados por mim pra te oferecer.

Tem dolência de veludo caros,
São como sedas pálidas a arder…
Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que foram feitos pra te endoidecer!

Mas, meu Amor, eu não te digo ainda…
Que a boca da mulher é sempre linda
Se dentro guarda um verso que não diz!

Amo-te tanto! E nunca te beijei…
E nesse beijo, Amor, que eu te não dei
Guardo os versos mais lindos que te fiz.

Florbela Espanca

E com essas mil
duas mil
cinco mil faces
não é difícil falar de algo
que não seja você?

Então se falo de amor
falo de mim
Se falo de dor
falo de amor
falo de mim
E até mesmo de amenidades falo
é para disfarçar a dor
que surgiu do amor
que insiste em falar por mim.

E essa história não tem fim,
mas os outros, (dizem, sempre)
falam por mim.