Playlist #1

RSS
Weiterleiten

5. Mai. 2007, 2:14

Todo dia, no caminho para escola, estou ouvindo a mesma playlist, então, como eu sou muito à toa, resolvi vir aqui postá-la e sugerir que vocês ouçam as músicas. São todas ótimas. ^^

1. You Know My Name - Chris Cornell
Abertura do 007 - Casino Royale. E para ser sincera, a única coisa que presta naquele filme.

2. Democracy? - The Damned
Música na linha "anarquista-pacifista-pessimista".
"'Cause revolution changes nothing
And voting changes even less"

3. Not if you were the last Junkie on Earth - Dandy Warhols
Algo divertido. E se quiser parecer cool, coloque uns piercings e vire gay, mas usar heroína é tão passé.

4. Good Day (Dresden Dolls Cover) - Raul Corrêa
O Raul é um amigo meu que toca piano e canta. Ele fez dois covers de dresden dolls, e esse daí é o melhor.

5. Still Take You HomeArctic Monkeys
Minha música preferida da bandinha mais pop do mundo pseudo indie.

6. Think I’m in LoveBeck
Música super fofa do Beck. No meu caso, a identificação é imediata no refrão “I think I’m in love, but it makes me kinda nervous to say so”.

7. NauseaBeck
Eu realmente não entendo o que me agrada tanto na sonoridade das músicas do Beck. Mas nas letras é fácil perceber. São geniais, confusas, e de fácil identificação. Sei lá porquê, mas são.

8. Ever Fallen in Love?Buzzcocks
Essa banda é linda. Sim, sim, linda. Punk no estilo antigo, como deve ser. E a letra meio clichê, mas essa é mais pra preparar para a próxima música da playlist.

9. BoredomBuzzcocks
Minha música preferida da banda. Tirando os solinhos agudos, que por algum motivo, ficam mais altos que o resto da música toda, e sempre estouram os meus ouvidos. Eu fico com a mão no volume para diminuir quando começam e aumentar logo depois.
E a letra é ótima. É cínica, fria, direta, cortante como uma navalha. Me lembra um tiquinho Sex Pistols, embora não seja nem uma tentativa de ser politizada. Trata de algo bem normal e pessoal – tédio.

10. Never ThereCake
A primeira vez que ouvi essa música foi quando achei o clipe dela num computador que, definitivamente, não deveria tê-lo. É bem legal, meio country, mas com um vocal quase falado. E se tiverem a chance, assistam o clipe. A música ganha um gostinho especial depois disso.

11. Nothing I Haven’t SeenBeck
Metade das vezes que ouço essa playlist, pulo essa música achando ela a mais chata de todas. Matade das vezes, ouço ela me identificando e adorando. Só que essa segunda metade é quando estou deprimida, porque ô melodia chata... O refrão é ótimo, vale para mil situações, e é algo que as pessoas nem notam tanto, então não virou clichê ainda. (“It’s nothing that I haven’t seen before, but it still kills me, like it did before”)
Enfim, ouçam e tirem suas conclusões.

12. LoserBeck
A música que me fez gostar de Beck. Animada, divertida, letra confusa do jeito que eu gosto, mais falada que cantada, e com um verso em espanhol no refrão. (Curiosamente, eu gosto disso. Gostei de Single, do Pet Shop Boys, e uma das coisas que me agradou foi a mistura de inglês e espanhol.)

13. Harder Better Faster StrongerDaft Punk
Uma das poucas músicas da playlist que não é realmente especial para mim. Mas é divertida ainda assim. Afinal, é Daft Punk.

14. I DisappearThe Faint
Teve uma época em que eu amava The Faint e ouvia essa música compulsivamente. Tem algo na distorção que eles usam na guitarra, e nas linhas de baixo que eles tocam, que realmente me impressiona em TODAS as músicas dessa banda. E eu adoro essa letra. Fala sobre perder o controle de si mesmo. (Minha mãe disse que parece que narra como é estar drogado.) E tem a parte em que a música diminui o ritmo, fica mais calma, menos guitarras, mais música eletrônica, e vem ele falando “How could I resist? It’s all I wanted and now I’ve guess I got it. Why it happened I don’t know. Hope this doesn’t last forever.” Acho genial, tentação, desejo e arrependimento, tudo de uma vez.

15. Dropkick the PunksThe Faint
Totalmente diferente de todas as músicas do Faint que eu conheço. Muito mais Rock. Aliás, tenho até dúvidas se é deles mesmo, embora o baixo e a guitarra me impressionem como nas outras. É divertidíssima. E a letra é praticamente uma descrição do que seria ser punk, uma viagem por esse universo. Por motivos pessoais, eu gosto do verso “Hoist the antenna & pirate the waves.”

16. Dinosaurs Will DieNOFX
Minha música preferida do NoFX. Como eu ouço pouco essa banda, e não gosto da maioria das músicas, isso pode parecer não significar muito, mas eu realmente amo essa música. Prestem atenção na letra e me entenderão. (E que esses dinossauros em especial, morram. Extinção nunca pareceu tão bom.)

17. Don’t Give UpThe Noisettes
Tenho ouvido muito essa banda atualmente. Gosto do instrumental dela. Acho que tem o que eu gosto do instrumental de Dropkick the Punks. E o vocal é lindo. Alguma coisa no jeito como essa mulher canta lembra um pouco a Janis Joplin, passando de tons médios a agudos rapidamente.

18. Blues From Down HereTV on the Radio
Quando ouvi as músicas dessa banda, não achei graça. Dali a alguns dias, estava com essa música na cabeça. A letra dela é muito forte e irônica. E o vocal é totalmente perfeito. É o encerramento perfeito para a minha playlist diária.

Kommentare

Sage etwas. Melde dich bei Last.fm an oder registriere ein neues Benutzerkonto (es kostet nichts).